TV Colosso | Coluna Nostalgia

No dia das crianças relembre o sucesso que foi a TV Colosso, programa da Rede Globo.

0
402
portal-comenta-tv-colosso--coluna-nostalgia
Foto: Memória Globo

Quer coisa mais gostosa do que recordar a infância?

Lembrar dos jogos de tabuleiro, das coleções de figurinhas, das brincadeiras de rua, de assistir a programas e desenhos animados voltados para a criançada? Pois bem, em comemoração ao dia das crianças a coluna nostalgia relembra um programa que fez um enorme sucesso, e quem foi criança no início dos anos 90 sem sombra de dúvidas irá lembrar com um grande carinho.

Estou falando da TV Colosso! Sua estreia deu-se em substituição ao Xou da Xuxa em 19 de abril de 1993 e seu fim foi em 03 de janeiro de 1997, foi produzida e exibida nas manhãs da Rede Globo.

TV Colosso foi criada por Luiz Ferré e Roberto Dornelles, integrantes do grupo de teatro de bonecos Cem Modos, e contou com o apoio de Valério Campos e Toninho Neves, responsáveis pela redação, a direção de núcleo ficou a cargo de Boninho. Os cartunistas Laerte, Angeli, Glauco, Luiz Gê, Fernando Gonsales, Newton Foot, Gilmar Rodrigues, Adão Iturrusgarai, Flávio Luiz, entre outros fizeram parte do time de roteiristas do programa.

portal-comenta-tv-colosso--coluna-nostalgia
Foto: Memória Globo

Com o sucesso mundial da série Família Dinossauros, a Globo apostou em um projeto similar em que reunisse bonecos animatrônicos (fantasias robóticas chegavam a ter dois metros de altura e eram vestidas por atores) e fantoches. Com essa proposta e com personagens carismáticos a TV comandada por cachorros caiu no gosto popular, cheia de humor e com inúmeras sátiras, como o Jornal Colossal sátira do Jornal Nacional, As Aventuras do Super Cão, que remetia ao seriado As Aventuras de Superman, até o interativo Você Decide ganhou a sua parodia com o Você Escolhe. Entre um esquete e outro a emissora canina exibia inúmeros desenhos animados como: Animaniacs, Capitão Planeta, Caverna do Dragão, He-man, She-ra…, além da estreia na TV aberta da série Power Rangers.

Como já dito anteriormente a TV Colosso, funcionava como uma televisão real. E sua equipe era formada pela produtora Priscila, uma sheepdog que sonhava com a fama, o operador Borges, um buldogue que apertava os botões para chamar os desenhos animados, JF, diretor da emissora, o seu assistente Capachão e o Gilmar que era uma espécie de faz tudo na emissora.

Trilha Sonora:

portal-comenta-tv-colosso--coluna-nostalgia
Foto: Memória Globo

O programa lançou dois álbuns, o primeiro incluiu o tema de abertura “Eu Não Largo O Osso” (Paquitas), “Coça-Coça” (Sandy & Junior), “Vida de Cão” (Nico Rezende), “Tá Ruim Pra Cachorro” (Zeca Pagodinho), o sucesso do álbum foi tão grande que o mesmo foi certificado com disco de ouro (100 mil cópias) pela ABPD. Já o segundo volume contou com as seguintes músicas, “Bob Dog” (Eduardo Dusek), “Capashow” (Banda Mel), “No Mato Sem Cachorro” (Sérgio Reis), entre outros.

Produtos Licenciados:

portal-comenta-tv-colosso--coluna-nostalgia
Foto: Memória Globo

A TV Colosso gerou inúmeros produtos licenciados como, lancheira, brinquedos, revista em quadrinhos, doces, o jogo eletrônico As Aventuras da TV Colosso, além do filme Super-Colosso: A gincana da TV Colosso (1995) que contou com a participação dos atores Marcelo Serrado, Luana Piovani, Camila Pitanga e Carla Diaz.

portal-comenta-tv-colosso--coluna-nostalgia
Foto: Memória Globo

O Fim:

portal-comenta-tv-colosso--coluna-nostalgia
Foto: Memória Globo

Com a contratação da apresentadora Angélica em 1996 que viria à ocupar as manhãs da Globo com o Angel Mix, a duração da TV Colosso foi reduzida. Havia ainda a possibilidade de divisão de horários entre os mesmos, porém Priscila e sua turma foram perdendo espaço até seu cancelamento ser anunciado em janeiro do ano seguinte.




portal-comenta-tv-colosso--coluna-nostalgia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here