O Tipo Certo de Garota Errada – A.C. Meyer | Resenha do livro

Dois jovens descobrindo o quanto o amor pode ser necessário na vida de uma vez em um livro que encanta e nos faz derramar algumas lágrimas

0
337
portal-comenta-o-tipo-certo-de-garota-errada--ac-meyer--resenha-do-livro
Foto: Maravilhosas Descobertas

Divertida e cheia de referências musicais, a nova história de amor de A.C. Meyer é a companhia perfeita para quem está vivenciando os primeiros desafios da vida adulta. Fala sobre escolher uma profissão, ajustar a relação com a família, sair da casa dos pais, fazer faculdade, descobrir talentos pessoais, aprender a se relacionar. Ufa! O início da vida adulta não é nada fácil. Principalmente se você não é exatamente aquele tipo certo de garota. Aquele que frequenta todas as aulas da faculdade que escolheram para você e sabe o que quer. O orgulho que o papai e da mamãe querem exibir a alta sociedade. Aquele tipo de garota com o cabelo perfeito e hábitos saudáveis. Malu não é nada disso. Por outro lado, ela vive plenamente, como se cada dia fosse o último, e nada parece abalar sua coragem e determinação. Em meio a um problemático relacionamento com os pais, ela começa a faculdade de Direito a contragosto e lá conhece Rafael. Rafa está terminando o curso e os dois se tornam inseparáveis. Mas é só amizade. Até outro sentimento começar a falar mais alto. Com a atração se tornando incontrolável, Malu e Rafa se permitem viver uma relação sem compromissos: livre, mas ao mesmo tempo intensa e apaixonada. Até que o destino os coloca diante de uma armadilha cruel. Pode o amor ser mais forte que o medo de amar?

A excelente A. C. Meyer conquistou meu coração de leitor com o incrível “Cadu e Mari”, leitura aliás, que também recomendo. Primeiro que gosto muito de narrações alternadas – o que ela repete agora, neste novo livro – e ela escreve com a alma, os sentimentos em suas histórias chegam a ser palpáveis e nos fazem suspirar como se fosse com a gente mesmo, é o que acontece aqui em O Tipo Certo de Garota Errada.

Malu e Rafa são de mundos diferentes e até parece haver um abismo enorme, mas isso não impede que uma amizade sincera nasça entre eles. Com o tempo uma atração e envolvimento inevitavelmente vai acontecendo, entretanto ambos têm problemas de relacionamento e não acreditam nas coisas do coração. Aliás, eles parecem nem lembrar que dentro do peito existe um coração. Malu é forte, cheia de vida e colorida, é uma mulher real. Inteligente, corajosa e linda a sua maneira, entretanto ela tem dificuldade de confiar, pois nunca teve pessoas se importando com ela. E um grande ponto sobre ela: Malu é diferente de qualquer protagonista feminina que você já leu em um romance. Já Rafa é focado, esforçado e sabe o que quer, o que nos faz sentir raiva dele em diversos momentos. Porém sabe também o que não quer, que é viver de aparências, fingindo uma felicidade que não existe, como acontece a sua volta. A relação entre eles é encantadora e cheia de situações tão reais. Desde as dúvidas sobre profissão, amadurecimento – e quanto a isso, preparem as lágrimas – e valor a vida. O ponto é que um é a melhor companhia e porto seguro que o outro pode ter. Eles sabem disso, mas digamos que não sabem como agir quanto a isso.

E autora ainda preenche as páginas com citações de Lulu Santos, Ana Carolina, Clarice Lispector, Drummond e John Green, não tem como não amar. Os personagens secundários também são ótimos – fiquei encantado demais pelo Gabriel. Clara é a prova viva do quanto amizade é necessário e faz bem. Longe de mim dar um spoiler do final, porém, o que é fundamental para Rafa e Malu se encontrarem é entender que toda relação precisa de confiança e que, cedo ou tarde, precisamos de alguém para encontrar um lar. Amar, de certa maneira, é preciso sempre. Mas que também tudo tem a hora certa de acontecer. E o mais importante é que Maria Luiza e Rafael sou eu, é você, somos todos nós. Em muitos capítulos vamos nos imaginar nas situações dos personagens e vamos nutrir diversos sentimentos. Enfim, é um livro que conquista pela capa, chama atenção pelo título, que dá felicidade de ler de tão bem escrito que é, profundo e encantador pela linda história, história essa que ganha o coração e deixa a alma leve.

Uma resenha escrita por Delduque Avelino

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here