Manu Gavassi abre o coração e prova estar mais madura com show acústico

Mais madura, Manu Gavassi canta seus maiores sucessos em turnê acústica

0
326
portal-comenta-manu-gavassi-abre-o-corao-e-prova-estar-mais-madura-com-show-acstico
Foto: Delduque Avelino

Ela foi descoberta na época do auge da “Capricho”. Os adolescentes que eram loucos pela revista, e não tinham as redes sociais como atrativo, tiveram como trilha sonora as músicas Garoto Errado e Planos Impossíveis. Estou falando de Manu Gavassi, que assim como o mundo, evoluiu aos nossos olhos e acaba de colocar na estrada um novo formato de show.

            Manu sempre foi muito romântica em suas letras, mas depois de dois álbuns bem no estilo pop, ou meloso para os mais crescidos, digamos assim, ela apostou num estilo com mais batidas eletrônicas, que foi a era do EP “Vício”, lançado em 2015. Assim nascia uma nova Manu Gavassi, mais segura de si e pronta para falar desse amor, de forma mais adulta e sensual. O que foi visto mais forte ainda no último álbum dela, “MANU”, que vem a ser o terceiro completo, lançado em 2017.

portal-comenta-manu-gavassi-abre-o-corao-e-prova-estar-mais-madura-com-show-acstico
Foto: Delduque Avelino

            A jovem agora de 25 anos começou o projeto intitulado “Manu Pocket Show”, que teve sua estreia ontem no Rio de Janeiro. Gavassi decidiu fazer um revival da sua carreira, no formato voz e violão, e contando um pouco das histórias por trás das letras compostas. Ou seja, fazendo bem a linha terapêutica, ela abre o coração, enquanto canta e é acompanhada por Guilherme Holanda, nos acordes dotal violão. Entre gritos apaixonados e lágrimas de uma plateia teen, surge Manu Gavassi cantando uma de suas composições mais maduras, que é Aqui Estamos Nós, em que faz um desabafo crítico dos relacionamentos atuais, que contém frieza, sentimentos momentâneos e inseguros, lembrando que “nós somos a geração da solidão”. E ela segue com 23 e Antes do Fim.

            Falando em abrir o coração, Manu falou das letras, e tempos, em que se diminua por conta do amor do outro. Em versos como “eu sei amar você, muito mais que eu sei cantar”, em Vício e “eu me contento com o pouco que você me dá”, na canção Meio Sorriso. Ela deixou claro que hoje está bem mais resolvida e cheia de amor próprio. Pisa menos! A cantora vai falando dos amores, relacionamentos e devaneios, que inspiram suas composições, como a canção Suspiros, em que disse que compôs depois de ver um menino lindo no Orkut, e que nunca conheceu pessoalmente, mas a deixou suspirando por alguns dias. Manoela contou também que, se fosse hoje, jamais iria compor Farsa, pois não consegue mais ter essa ira vingativa que a pegou tempos atrás, quando as relações não davam certo. Em contrapartida, ela colocou no setlist do show a música O Fim, que faz parte do seu segundo disco, “Clichê Adolescente”, e disse que ainda é uma letra muito atual em sua vida e que com toda certeza, poderia escrever a mesma nos dias de hoje, pois se tem que, mais do que nunca, ela sabe, é que existe vida após o fim. Mas se ela não tem orgulho de ter escrito Farsa, o contrário acontece com Caminho de Volta, que ela disse que fez quando o ex-namorado “rebelde” ia sair em uma turnê e ela, bem romântica, quis desejar que tudo ocorresse bem e deixando claro que estaria sempre esperando por ele. Manu disse que ter composto, sobre o que sentia naquele momento, que era tão verdadeiro, lhe faz bem.

            Manu Gavassi ainda canta Quatro Notas, que foi a primeira composição que fez na vida, Segredo, Cicatriz, Eu Me Proíbo e algumas outras. E claro que as músicas citadas, da era Capricho, e que uma delas – Planos Impossíveis – foi composta justamente para um ex-colírio, estão presentes no repertório. A apresentação, que é ótima para aqueles que não a julgam mais como uma cantora de voz infanto-juvenil chata eque compõe mais do mesmo, dura uma hora e vale muito a pena. Os próximos shows são em Salvador (20/12), Recife (21/12) e Brasília (22/12).

Resenha escrita por Delduque Avelino

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here