João Emanuel Carneiro trilha um caminho duvidoso e a impressão que fica é que Segundo Sol poderia ter sido muito melhor

João Emanuel Carneiro trilha um caminho duvidoso e a impressão que fica é que Segundo Sol poderia ter sido muito melhor

0
371
portal-comenta-joo-emanuel-carneiro-trilha-um-caminho-duvidoso-e-a-impresso-que-fica--que-segundo-sol-poderia-ter-sido-muito-melhor
Foto: Rede Globo/Divulgação

Segundo Sol estreou sob grande expectativa depois da bomba que foi O Outro Lado do Paraíso. Eu que fui fisgado por A Força do Querer após anos sem acompanhar uma novela na íntegra, estava bem ansioso pela trama de Walcyr Carrasco. Infelizmente, após a primeira fase, foram vários meses com a televisão desligada.

Eis que depois de um bom tempo, Segundo Sol estreia e aquela vontade de acompanhar uma novela das nove, volta. A primeira fase dessa novela, apesar de alguns deslizes da direção, foi maravilhosa. Giovanna Antonelli, Emílio Dantas, Deborah Secco, Vladimir Bichta e Adriana Esteves estavam maravilhosos. João Emanuel Carneiro parecia inspirado e o público vibrava.




A segunda fase começou, tivemos novos personagens para amar e odiar. A história foi criando forma, mas aos poucos foi se perdendo. A trama central sobre um cantor que forjou a própria morte ficou em segundo plano, Emílio Dantas ficou sem função nenhuma na trama durante bons meses. Giovanna Antonelli ótima, mas Luzia é uma mocinha fraca e o casal não tem força. Rosa (Letícia Colin), um dos destaques da trama, se perdeu no caminho, e não se mostrou muito diferente de Karola (Deborah Secco). Tudo piorou quando Gorete (Thalita Carauta) apareceu e durante semanas foi destaque nos capítulos.

Apesar dos pontos negativos, não podemos deixar de falar dos positivos. Remy (Vladimir Brichta), que foi responsável por dar um gás à trama que estava num marasmo só fazia semanas. O núcleo de Severo se mostra muito mais atrativo que o central na maioria das vezes. Odilon Wagner ganhou um dos melhores personagens de sua carreira, assim como Giovanna Lancellotti. Chay Suede que saiu da sua zona de conforto e mostrou que não é um ator limitado aos mocinhos.

Enfim, João Emanuel Carneiro preferiu trilhar um caminho duvidoso. Hoje vai ao ar o centésimo capítulo da trama, a impressão que fica é que a novela poderia ter sido muito mais. Nas últimas três semanas, a trama melhorou significativamente. Espero que daqui para o final, ela mantenha esse mesmo ritmo e termine como uma novela ok.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here