Com direção primorosa, O Sétimo Guardião apresenta início promissor

Após a decepção com Segundo Sol, O Sétimo Guardião estreia com direção caprichosa e enredo promissor

0
384
portal-comenta-com-direo-primorosa-o-stimo-guardio-apresenta-incio-promissor
Foto: G Show

Após a bomba que foi Segundo Sol, estava pouco animado para O Sétimo Guardião. A trama de Aguinaldo Silva que vem sendo desenvolvida já há algum tempo, não me enchia os olhos. Nem mesmo com as chamadas, a trama me chamava atenção.

Por tanto, sem expectativas assisti aos dois primeiros capítulos da trama e me surpreendi com a eficiente direção. A cena do acidente no capítulo de estreia foi muito bem feita, algo que as novelas estavam deixando a desejar nos últimos anos. Fora o clima de suspense que faz parte do núcleo central. A cena de Gabriel (Bruno Gagliasso) sendo enterrado vivo, foi outro momento marcante. 

portal-comenta-com-direo-primorosa-o-stimo-guardio-apresenta-incio-promissor
Foto: G Show

Os dois capítulos exibidos serviram para apresentar os personagens, algo que Aguinaldo Silva sabe fazer como ninguém. O texto é um primor, e a direção, como eu já disse anteriormente, é caprichosa, faz toda a diferença. Rogério Gomes é um dos melhores diretores atualmente. 

A trama está no início, vamos ver quais as cartas que o autor tem na manga para manter o público interessado na história. Se for para falar sobre um ponto negativo até então, destaco o delegado Machado e sua fascinação por tangas. Se não me engano havia algo desse tipo em O Outro Lado do Paraíso e eu já achava um porre, não tinha necessidade do autor abordar em O Sétimo Guardião também. 

Enfim, foram dois bons capítulos onde destaco Lília Cabral, Tony Ramos e Marcello Novaes. Espero que a trama não se perca como aconteceu com as antecessoras, com exceção de A Força do Querer.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here